Kinect, Move e Mote. O Futuro dos games?

Novos tempos, novas tecnologias, novas tendências, e a bola da vez são os controles de movimento.


Mas eu vos pergunto:

Seria isso uma real tentativa de abranger novos mercados e consumidores devido a um avanço da tecnologia, ou seria somente uma tentativa desesperada de fazer com que seus produtos tenham uma vida útil maior?

Os dois, é claro. Mas, será que esse é o momento certo para se apostar nessas tecnologias?

Lembro-me que um pouco antes do lançamento do Wii, a nintendo espalhava boatos do novo controle, e em comunidades do orkut ou em outros fóruns, membros comentavam a "decadência da nintendo" e uma suposta falta de criatividade, junto com um aparelho "ridículo" ao ver as primeiras imagens do controle. O Wii Mote até hoje não é perfeito, mesmo depois de anos depois do seu lançamento, mas querendo ou não, virou tendência e moda (como muita coisa que a nintendo faz) e uma a
posta para o futuro, dando mais certo do que imaginavam. Não é a toa que suas principais concorrentes não quiseram ficar para trás.

Wii Mote, uma revolução (Clique para assistir)


A Sony pegou o mote do wii, e melhorou um pouco, adicionou umas funções aqui, fez um design mais bonito ali, mas no geral a aposta é a mesma que já havíamos visto da nintendo, um joystick, no formato de um controle de TV que serve para captar os movimentos. Porém, mesmo antes do seu lançamento, estava sendo espalhado boatos de uma falha precisão, isso foi m
ostrado inclusive na E3 deste ano, aonde uma falha grotesca aconteceu na apresentação do periférico, mesmo depois de a palavra "Precisão" ter sido repetida inúmeras vezes pelos representantes da Sony. Mas enfim, até aqui, a Sony por enquanto não fez nada de extremamente novo, como já menciado, escolheu por melhorar algo que já existia.






















O Move da Sony (à cima) e o Mote da Nintendo (à baixo). Qualquer semelhança NÃO é mera coincidência.




A microsoft no entando foi mais além e quis "abolir" o uso dos joysticks, fazendo com que o jogador use o corpo todo para jogar, estou falando do Kinect, também conhecido como "Project Natal" antes de seu lançamento. Aí sim está uma aposta inovadora realmente supreendente. Porém, será funcional? Consiste em câmeras e sensores para se jogar livre de qualquer dispositivo em mãos. Já vimos que o Kinect também apresenta falhas, várias, e um ponto negativo é não funcionar "seco" no xbox360 comum sem nenhum adaptador. Além do fato de que tudo indica de que o Kinect será para jogos casuais, aqueles chamados jogos "Família" (Não a Família Restart) sem muita repercursão no mundo dos gamers "Hardcore". O que é uma pena (ou não)





A aposta da Microsoft para o futuro.


Eu não sei se me acosturmaria em jogar video game sem o tradicional controle, mas como é tudo novidade ainda, e nem com o wii joguei direito, não posso dizer com certeza. Só sei que para isso vingar vai demorar muito ainda, e mesmo que vingue, duvido que irá substituir os joysticks, até por que muitos jogam para relaxar (como eu) e não para ficar se mechendo e cansando (a não ser cansar a mente, essa sim tem que cansar).

Pois bem, novas tecnologias, tecnologias já antigas porém aprimoradas e uma promessa de um futuro brilhante. Só nos resta ver no que vai dar.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comentários:

mariina disse...

Pois então, como já disse. Muito bem escrito parabéns, e que o blog faço sucesso e tals *-*
Um bj pros blogueiros fofos qw <3

Ian Augusto disse...

Oooooobrigado =D

Postar um comentário